Close
 
 
 

Investimento comunitário

 
 

Investimento comunitário

Reconhecemos o papel da empresa como cidadã corporativa, e as empresas do Grupo são incentivadas a apoiar investimentos na comunidade e projetos de caridade locais.

 

No que acreditamos

Os “investimentos na comunidade” são atividades voluntárias, que vão além de nossas atividades comerciais e de negócios principais e das nossas obrigações legais, que contribuem para a sustentabilidade econômica, social e ambiental dos países e comunidades onde atuamos.

Esses investimentos tratam de uma grande diversidade de problemas e causas nas comunidades em que atuamos, muitas vezes envolvendo instituições de caridade, organizações não governamentais (ONGs) e a “sociedade civil” e incluem despesas em projetos comunitários ou contribuições de caridade, doações em dinheiro e trabalho voluntário de funcionários.

 

As empresas do Grupo não devem realizar nenhum investimento na comunidade sem antes fazer as devidas averiguações e aplicar a abordagem de governança detalhada na Estrutura de Investimento na Comunidade do Grupo

 

Apoiar as comunidades locais

Como uma empresa internacional, a BAT desempenha um papel importante em muitos países e as empresas do Grupo desenvolveram laços estreitos com as comunidades em que atuam. Há muito tempo buscamos apoiar e retribuir a essas comunidades por meio de nosso investimento na comunidade.

A Estrutura de Investimento na Comunidade do Grupo estabelece como as empresas do Grupo devem desenvolver, entregar e monitorar os investimentos na comunidade, alinhado com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU.

 

Registros integrais das nossas doações

Qualquer investimento na comunidade por uma empresa do Grupo deve ser totalmente registrado nos livros da empresa e, se necessário, documentados em registro público pela empresa ou pelo destinatário.

As empresas do grupo devem garantir que os investimentos comunitários reportados para os fins dos relatórios de ESG sejam consistentes com o que foi  reportado para o departamento de Finanças para fins de relatórios financeiros e estatutários.

 

Funcionários do governo, empresas estatais e órgãos públicos equivalentes

Avaliações adicionais e mitigação de risco são etapas necessárias se as contribuições forem feitas a uma organização governamental, empresas estatais ou órgão público equivalente (incluindo em resposta a uma solicitação do governo para fornecer financiamento para auxiliar nos esforços em casos de desastres) aplicando as devidas avaliações e abordagens da governança detalhadas na Estrutura de Investimento na Comunidade do Grupo e em seu Anexo.

As empresas do grupo devem ter o cuidado de garantir que essa organização governamental, empresa estatal ou órgão equivalente sejam legítimos e que a contribuição de investimento na comunidade beneficie o público em geral e não os funcionários públicos e suas famílias.

Não devemos contribuir para a caridade a partir da solicitação de um Funcionário Público ou com seu acordo ou consentimento em troca de ação oficial, como resultado de ação oficial ou como forma de influenciar indevidamente o Funcionário Público para obter vantagem para qualquer empresa do Grupo.

São proibidas as contribuições para instituições de caridade de funcionário público ou de terceiros, como um membro da família, amigo ou associado de funcionário público, em troca de ação oficial ou como resultado de ação oficial ou como forma de influenciar indevidamente o funcionário público para obter vantagens para qualquer empresa do Grupo.

Os investimentos na comunidade nunca devem ser usados como um meio indireto de realizar contribuições políticas.

 

Verificar a reputação e o status

As empresas do Grupo não devem realizar nenhum investimento na comunidade sem antes fazer as devidas averiguações e aplicar a abordagem da governança detalhada na Estrutura de Investimento na Comunidade do Grupo e em seu Anexo, com o objetivo de verificar a reputação e o status do destinatário.

Antes de efetuar qualquer contribuição, espera-se que as empresas do Grupo se certifiquem de que o destinatário está agindo de boa fé e com objetivos de sustentabilidade, de modo que a contribuição não seja usada para finalidades inadequadas.

Em países onde organizações de caridade e/ou ONGs são obrigadas a se registrar, as empresas do Grupo devem verificar seu status de registro antes de fazer uma contribuição.

 

Com quem falar

  • Gerente direto
  • Nível mais alto da gerência
  • Seu Consultor LEX local
  • Diretor de Compliance: sobc@bat.com